top of page
Search
  • Writer's pictureCooperação e Proje. de Insp. Alternativa

A invisibilidade das agricultoras rurais é tema de minidocumentário do projeto Economias Populares

A luta pela preservação do meio ambiente perpassa a vida das mulheres. Afinal, é impossível pensar em agroecologia sem que elas estejam na linha de frente. O minidoc Mulheres do Campo, caminhos que se encontram traz a vida de mulheres agricultoras de Duque de Caxias, que através do trabalho árduo e, muitas vezes, sem apoio, cultivam e comercializam alimentos saudáveis, que nutrem corpo e alma.


O filme foi produzido durante a segunda etapa das oficinas de educomunicação do projeto Economias Populares. A iniciativa, realizada pela Capina em parceria com a Petrobras, visa fortalecer empreendimentos econômicos populares de Duque de Caxias. As atividades de educomunicação tiveram início em novembro de 2022 e se estenderão até outubro de 2023.


Os encontros das oficinas foram permeados por descobertas, "esperançares", desabafos, novos olhares e muita troca. As palavras cuidado e trabalho foram repetidas quase como sinônimo a todo momento: cuidado/trabalho com as hortas, com a terra, com a família. Sobre a invisibilidade das mulheres na agricultura, Tina Ruviaro, agricultora e bióloga, afirma: “O pessoal passa, às vezes, estou trabalhando no sítio e eles acham fora do cotidiano ser uma mulher trabalhando na roça, acham que é serviço para um homem, mas tem muitas mulheres”. Já de acordo com Maria Carmelita Vieira, agricultora familiar e “esperançosa”, como se define, a força para prosseguir na lida com a terra vem do coletivo: “A gente se reúne pra poder crescer porque se a gente não se unir, nós, mulheres do campo, a gente não tem nada. A gente corre atrás, faz mutirão, pra gente sobreviver, porque senão não sobrevive, umas têm que ajudar as outras.”


O minidocumentário foi realizado pela Capina, ONG do Rio de Janeiro que atua com iniciativas das economias populares desde 1988, e pela Suma Filmes, produtora carioca independente especializada em documentários, que também ficou responsável pela condução das oficinas de educomunicação. Durante os encontros, foi feito um exercício coletivo de escolhas de temáticas e de organização do roteiro para o filme. As participantes foram convidadas a refletirem sobre seu território e construírem coletivamente a história que queriam contar.


O filme já está disponível e pode ser assistido gratuitamente no canal do YouTube da Capina: https://youtu.be/VHK1W3cC5d4.


O objetivo do Economias Populares é promover o desenvolvimento econômico, social e ambiental de forma integrada nas áreas de influência da Refinaria de Duque de Caxias (REDUC), fortalecendo empreendimentos econômicos populares (EEPs), conectados por redes democráticas, ecológicas e inovadoras.



Economias Populares é um projeto realizado pela Capina, em parceria com a Petrobras e com apoio da AS-PTA.

7 views0 comments

Comments


bottom of page