Search
  • Cooperação e Proje. de Insp. Alternativa

Adeus a Thiago de Mello

Começamos a semana com a poesia de Thiago de Mello, poeta amazonense que nos deixou na última sexta-feira. O escritor sempre lutou pela preservação da Amazônia e alcançou prestígio internacional sem jamais deixar de lado suas raízes regionalistas.


O poeta se vai, mas sua obra e suas mensagens permanecem.


Confira um trecho de "Estatuto do Homem", lançado em 1964 em Santiago do Chile.


#audiodescrição Card com fundo amarelo. Em letras pretas, “Fica decretado que, a partir deste instante, haverá girassóis em todas as janelas, que os girassóis terão direito

a abrir-se dentro da sombra;

e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro, abertas para o verde onde cresce a esperança.”, Thiago de Mello.

2 views0 comments

Recent Posts

See All